ESTÚDIO

Sistemas & Aplicativos

Trabalhamos com os sistemas operacionais Linux Ubuntu Studio 19.10 e Windows 10. Em cada sistema utilizamos uma estação de trabalho de áudio digital (DAW, sigla em inglês): Ardour e Reaper, respectivamente. A DAW nada mais é do que o programa computacional multipista usado para gravar, editar e mixar as músicas. Além disso, empregamos uma série de plugins VST (Virtual Studio Technology) durante a mix para “esculpir” as trilhas, com uso de efeitos e processamentos. A escolha de um ou outro sistema/DAW vai depender das características do projeto.

Também dispomos de uma gama de instrumentos virtuais VSTi (Virtual Studio Technology Instrument) com infinitas possibilidades de produção. Sendo possível reproduzir e gravar instrumentos musicais de difícil acesso (indianos, africanos, eruditos…) com timbres extremamente realistas, uma vez que foram captados em estúdio a partir do instrumento real, podendo ser acessados através de bibliotecas de samples (amostras de áudio) e uso de controladores ou programação MIDI (Musical Instrument Digital Interface).

Obter timbres diferentes daqueles produzidos pelos instrumentos musicais convencionais, que já existem, pode ser uma opção em determinados gêneros musicais, como é o caso do Space Rock, Rock Psicodélico, Rock Progressivo, Post Rock, Metal Industrial ou qualquer estilo que flerte com a experimentação através do uso de sintetizadores para auferir o controle direto sobre as propriedades básicas do som, criando texturas e atmosferas que também são muito utilizadas em trilhas para cinema. Para isso contamos com o poderoso Omnisphere e outros plugins baseados em síntese sonora, sendo capaz de gerar sons únicos e impactantes.